Coruja Feed
Início » Terceiro olho: Saiba o que é, e como ativar o seu!

Terceiro olho: Saiba o que é, e como ativar o seu!

terceiro olho

Para os espiritualistas e diferentes religiões, como o budismo ou o hinduísmo, o terceiro olho é o lugar onde a nossa consciência e o ponto de união com o mundo espiritual se encontram.

O terceiro olho é um símbolo associado ao despertar da consciência. Seu conceito está ligado ao conhecimento, à essência indescritível de cada ser humano, às profundezas da experiência pessoal.

Este símbolo está presente em um grande número de civilizações ancestrais. Muitos delas, adaptaram sua representação e seu nome, mas seu significado permaneceu inalterado.

Sua disseminação e uso em culturas diversas, parece evidenciar a existência de uma religião ancestral anterior que poderia ter transferido seu conhecimento para todas as outras.

Para os espiritualistas e diferentes religiões, como o budismo ou o hinduísmo, o terceiro olho é o lugar onde a nossa consciência e o ponto de união com o mundo espiritual se encontram. Eles o consideram o centro da clarividência e da intuição, e o exteriorizam com um ponto vermelho entre o meio das sobrancelhas.

Ainda de acordo com o hinduísmo, todos nós temos um terceiro olho e é o centro nervoso mais importante em todo o corpo, funcionando coma uma espécie de “sexto sentido” e está relacionado às imagens que estão sempre presentes em nossas mentes. É o olho da sabedoria, o olho que vê tudo.

O terceiro olho está ligado ao sexto chakra (chamado Agnya) e no nível físico, é ligado glândula pituitária (hipófise) conhecida como a glândula mestre, que controla todas as outras glândulas (pineal, tireoide, supra-renais, pâncreas, timo, gônadas).

Para que serve ativar o terceiro olho?

Embora a saúde de todos os chakras seja importante, a abertura do sexto chakra é absolutamente indispensável.

Ativer o terceiro olho é ir além dos cinco sentidos e da racionalidade, é estar sintonizado e consciente das dimensões superiores do universo.

Os benefícios que podemos obter de sua ativação são:

  • Aprendizagem mais rápida
  • Maior intuição
  • Aumento da criatividade
  • Clareza nas decisões
  • Maior telepatia
  • Maior concentração
  • Empatia
  • Sonhos mais vívidos

6 passos para ativar o terceiro olho:

  1. Expresse gratidão

Todos nós temos habilidades intuitivas inatas e podemos começar a expressar nossa gratidão por todas as vezes que nosso chamado sexto sentido sugere as soluções certas.

  1. Pratique o silêncio

No silêncio, o terceiro olho tem espaço para se concentrar em outras sensações e se concentrar nas mensagens mais profundas.

  1. Expresse sua criatividade

A criatividade permite que você saia dos limites da mente racional e explore novas emoções, sons e cores. Não há necessidade de ser um artista, mas apenas ter a coragem de explorar algo novo.

Você pode visitar uma exposição, assistir um filme em outro idioma, privar-se de escrever algo, qualquer coisa que o estimule a expandir seus horizontes.

  1. Sinta a cor índigo

Cada chakra tem uma cor de referência para ajudar a desbloquear a energia. Para o sexto chakra, que é o terceiro olho, a cor é índigo.

Você pode acender uma vela dessa tonalidade ou focar sua atenção por alguns segundos em uma imagem de algum símbolo índigo, para estimular o fluxo de energia.

  1. Use o toque

Um método mais prático é usar o dedo indicador para tocar levemente no centro da testa, fazendo pequenos círculos no local. Depois de massagear o terceiro olho por cerca de 30 segundos, retire o dedo e sinta a espiral de energia ativa.

  1. Faça as seguintes afirmações positivas
  • Estou conectado ao Universo
  • Eu sigo meu instinto sem hesitação
  • Eu sempre sei qual solução é melhor para os meus problemas
  • Eu me sinto criativo e livre para me expressar

Meditação guiada para abrir o terceiro olho

A meditação é o método mais poderoso para despertar o terceiro olho.

Recomendamos fazer a meditação, especialmente quando você tem uma pergunta que precisa de respostas. Isso ajudará você a se conectar com a dimensão superior e a encontrar inspiração mais facilmente.

Passo 1: Relaxamento

Escolha um local silencioso e confortável, onde você possa ficar sozinho por no máximo 1 hora.

Sente-se ou deite-se e comece a se concentrar em sua respiração. O processo de acalmar a mente depende do nível de concentração.

É necessário criar um fluxo contínuo de respiração e calma, mas com intervalos regulares entre a inalação e a exalação.

Concentre-se na escuridão gerada pelos olhos fechados e levante os olhos, para visualizar e focar no centro da testa. Não precisa ser um esforço, mas um gesto natural.

Sempre que os pensamentos chegam, é preciso observá-los objetivamente e rejeitá-los, voltando a focar na respiração.

Enquanto relaxa, continue visualizando o centro da testa.

Passo 2: Concentração em alguma integridade específica

As habilidades intuitivas permitem ler os sentimentos dos outros, porque eles também são nossos.

É ser capaz de sentir os sentimentos de outras pessoas em um nível altamente empático.

Portanto, a interação com outras pessoas é necessária para o treinamento.

Quando a troca de energia ocorre através de palavras, pensamentos e sentimentos, esse

conhecimento interno fortalece a confiança.

Por esta razão, a proposta é meditar em algo que você quer melhorar, fazendo perguntas sobre como alcançar o objetivo.

Pergunte por que machuca alguém ou por que as pessoas reagem de uma maneira específica.

Pergunte por que trata as pessoas de uma certa maneira, porque algumas coisas lhe perturbam, enquanto se concentra na resposta.

Muitas vezes, fazer uma pergunta leva a outras perguntas, porque é precisamente nesse momento que a consciência se expande.

As respostas estão sempre dentro de nós, só precisamos aprender a ouvi-las.

Passo 3: Observe os regimes da realidade

Devemos ser o exemplo vivo da mudança. Devemos ser aqueles que percebem a realidade e com base nisso, muda o comportamento.

Muitos afirmam ver a realidade, mas suas ações não são consistentes.

Quando sentimos que algo precisa ser feito, partimos para a ação.

Se percebermos que alguém é particularmente sensível, vamos agir de acordo.

Ser intuitivo significa tornar-se responsável literalmente, ter a capacidade de responder à informação e olhar para além.

Para ser intuitivo, você não precisa ver os espíritos, a energia ou algo metafísico. Significa reconhecer modelos, entender o que precisa ser feito, como ajudar alguém de maneira ativa.

Com um pouco de prática, você começa a juntar as peças e vê-las antes do tempo. Através da experiência de observação cuidadosa, os modelos da realidade são melhor compreendidos.

O entendimento acelera, a conscientização se expande e mais informações são recebidas.

Ser intuitivo significa entender as conexões sincrônicas que estão por trás de toda a existência.

Os erros que devem ser evitados na abertura do terceiro olho:

  1. Desistir imediatamente

A ativação do terceiro olho requer tempo e paciência. Se você não se sentir mais guiado por decisões na primeira ou segunda meditação ou se não se tornar repentinamente telepático, não se preocupe.

Persista na meditação e visualização e dedique-se a desenvolver essas habilidades.

  1. Não mudar hábitos passados

Você começou a ter momentos de insight e eles estão dizendo que algumas das coisas que você faz não são certas para você.

Mudar seus hábitos ou afastar-se de certas pessoas não é fácil, mas se você não seguir sua intuição, acabará bloqueando a energia dos chakras novamente.

  1. Absorver muita energia

Abrir o terceiro olho significa tornar-se mais sensível à energia e, se você não aprender a estabelecer limites, acabará absorvendo demais. Aprenda a se proteger e tire um momento para meditar, quando se sentir oprimido pelos outros.

Sr. Coruja

Junte-se a milhões que nunca param de aprender! Coruja Feed, é o site que traz curiosidade e os artigos mais inspiradores do mundo para que você possa aprender algo novo todos os dias!

Cadê sua curtida?

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.